Palestra Gratuita | ‘Quanto vale o verde?’

Carlos Eduardo Frickmann Young palestra sobre a importância econômica das unidades de conservação brasileiras

Quais benefícios e oportunidades econômicas as Unidades de Conservação trazem ao Brasil? A partir de uma avaliação dos ganhos econômicos diretos e indiretos decorrentes de atividades como o extrativismo florestal e pesqueiro, o turismo e uso público, a proteção dos estoques de carbono, o uso dos recursos hídricos para geração de energia elétrica e a geração de transferências orçamentárias a municípios via ICMS ecológico, o palestrante demonstrará que investir em conservação apresenta uma elevada relação benefício-custo e investir na melhoria e ampliação das UCs é uma forma de obter retornos econômicos e sociais bastante superiores aos valores alocados.

Data: 29 de agosto de 2019 – 18:00
Local:
R. da Candelária 9, 903, Centro, Rio de Janeiro RJ
Entrada: Gratuita mediante inscrição antecipada

CV Resumido:

Professor Titular do Instituto de Economia da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), onde leciona desde Julho de 1990. Bacharel em Ciências Econômicas pela UFRJ (1986), Especialização em Políticas Públicas pelo ILPES/CEPAL (1990), Mestrado em Economia da Indústria e da Tecnologia pela UFRJ (1992) e Doutorado em Economia pela Universidade de Londres – University College London (1997). É membro permanente do Programa de Pós-Graduação em Políticas Públicas, Estratégias e Desenvolvimento (PPED) da UFRJ, e colaborador dos Programas de Ciências Ambientais (PPGCA), da Universidade Estadual do Mato Grosso, e Ciências do Ambiente e Sustentabilidade na Amazônia (PPG-CASA), da Universidade Federal do Amazonas. Tem vasta experiência em ensino e pesquisa na área de Economia, com ênfase em Desenvolvimento e Economia do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais, atuando principalmente nos seguintes temas: política ambiental, valoração de serviços ecossistêmicos, determinantes do desmatamento, economia e política das unidades de conservação, pagamento por serviços ambientais, mudanças climáticas e poluição, macroeconomia do meio ambiente e contabilidade verde. É coordenador do Grupo de Economia do Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável (GEMA – IE/UFRJ; Website: www.ie.ufrj.br/gema). Entre seus trabalhos mais recentes, incluem-se a coordenação dos projetos de pesquisa “Subsídios técnicos para a construção de uma Política Nacional de Pagamento por Serviços Ambientais” e “Análise conjuntural sobre ODS e efetividade das estruturas de financiamento públicas, privadas e mistas para a promoção do desenvolvimento sustentável aprimoradas”, ambos realizados para o MMA e PNUD, e a organização do estudo “Quanto vale o verde: a importância econômica das unidades de conservação brasileiras”.

Download do Livro:

https://www.funbio.org.br/wp-content/uploads/2018/08/Quanto-vale-o-verde.pdf

Alguns vídeos:

Por que criar e manter unidades de conservação?

https://www.youtube.com/watch?v=HO5YNu_dxlU&list=FLl8a3az4gz-Cipwlws-Ykjg&index=3

Unidades de conservação: potencial econômico

https://www.youtube.com/watch?v=CkqXXbI6OPg&list=FLl8a3az4gz-Cipwlws-Ykjg&index=1

apresentação do livro Quanto  Vale o Verde na Câmara dos Deputados

https://www.youtube.com/watch?v=P7j0Po5NqB8&t=9s

Quer assistir a essa e a muitas outras aulas com os maiores especialistas da Coppe UFRJ?
Ainda é possível se matricular para a 43ª turma da pós-graduação.